INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO PARAIBANO/IHGP
Fundado em 7 de setembro de 1905
Declarado de Utilidade Pública pela Lei no 317, de 1909
CGC 09.249.830/0001-21 - Fone: 0xx83 3222-0513
CEP 58.013-080 - Rua Barão do Abiaí, 64 - João Pessoa-Paraíba

| Inicial | O Que é o IHGP? | Histórico | Símbolos do IHGP | Diretoria | Sócios | Biblioteca | Arquivo |
| Museu | História da Paraíba | Publicações | Links | E-mail | Livro de Visitas | Notícias |


Publicações dos Sócios em 2002

Publicações dos Sócios em 2002


LANÇAMENTOS DO ANO

          A Revista n° 35, do Instituto Histórico foi lançada no dia 24 de maio de 2002, por ocasião da abertura da VIII Feira Nacional de Artes promovida pela Fundação Espaço Cultural "José Lins do Rego". Foi mais uma colaboração do Governo do Estado, através da Secretaria da Educação e Cultura.





Ascendino Leite           No Clube dos Advogados do Rio de Janeiro, a 11 de junho, foi lançado o livro ASCENDINO LEITE - ESCRITOR EXISTENCIAL(ENSAIO BIOGRÁFICO), de autoria do consócio Joacil de Britto Pereira, publicado pela Litteris Editora.
          Trata-se de uma obra escrita "numa linguagem fluida, precisa e envolvente, é o mais completo sobre a vida e a obra do admirável romancista, ensaísta, crítico, jornalista, poeta e pensador ímpar em nosso panorama literário, abordando-as sobre todos os aspectos", conforme o escritor Fernando Whitaker da Cunha, na orelha do livro.


          A 05 de janeiro, na sede do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano, foi lançado o livro CRÔNICA DO TEMPO DISTANTE, do consócio Luiz Hugo Guimarães, o qual foi apresentado pelo acadêmico Joacil de Britto Pereira.
          É o primeiro volume de suas memórias, onde são narrados "acontecimentos da meninice despreocupada, da juventude sonhadora e da maturidade realista", conforme acentuou o apresentador.



          Em 04 de maio, no auditório da Faculdade de Direito da Paraíba, foi lançada a 3ª edição(fac-similar) do livro CIDADE DE JOÃO PESSOA - A MEMÓRIA DO TEMPO, do historiador Wellington Aguiar, edição da FUNESC.

          Partindo das crônicas que durante anos vem publicando, desde 1987, na imprensa paraibana, Wellington Aguiar nos mostra a Capital das Acácias contando sua história desde a fundação, em 1585. Percorre suas ruas, relembra episódios, descreve personagens, faz a história da província com uma linguagem coloquial.


          O jornalista e consócio Nelson Coelho da Silva, a 5 de maio, lançou, na Academia Paraibana de Letras, seu mais recente livro intitulado ESQUINA DO TEMPO, publicado pela Editora A UNIÃO, órgão que dirige como Superintendente.

          O livro foi apresentado pelo jornalista Villas-Boas Corrêa, que reconhece em Nelson Coelho "o modelo do novo repórter do Brasil".



          Também em maio, na sede da Academia Paraibana de Letras, foi lançado o livro do confrade Reinaldo de Oliveira Sobrinho ANOTAÇÕES PARA A HISTÓRIA DA PARAÍBA, 1° tomo.

          Coube ao confrade Joacil de Britto Lira fazer a apresentação da obra, que a considerou rica "em episódios e fatos, de vultos e acontecimentos, ações e personagens, costumes e particularidades, lendas e crenças populares, folguedos e canções, dramas e tragédias, tudo, enfim, que faz a riqueza da nossa historiografia e do nosso folclore."


   
Francisco Coutinho de Lima e Moura    Irineu Ferreira Pinto   Wilson Nóbrega Seixas

          Dando continuidade às publicações da Coleção de Historiadores Paraibanos, o Instituto lançou, em abril, maio e julho, os volumes 13, 14 e 15 sobre a vida e obra dos historiadores FRANCISCO COUTINHO DE LIMA E MOURA, IRINEU FERREIRA PINTO e WILSON NÓBREGA SEIXAS, os dois primeiros sócios fundadores do Instituto.

          Esses trabalhos são de autoria do consócio Luiz Hugo Guimarães.


          O consócio Adauto Ramos, com o apoio da Prefeitura Municipal de Sapé, lançou naquela cidade uma plaqueta que é um resgate histórico biográfico sobre o grande poeta paraibano, o maior deles - AUGUSTO DOS ANJOS.







Manuel Batista de Medeiros José Pedro Nicodemos
Através do programa editorial do Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ, o confrade Manuel Batista de Medeiros lançou as plaquetas acima. Durante a homenagem à memória de José Pedro Nicodemos, foi lançada a plaqueta acima.



Homenagem a Francisco de Andrade Carneiro, na passagem do seu centenário. Livro de Marcus Odilon: lançamento recente. 2a edição do livro de Luiz Hugo Guimarães
Francisco de Andrade Carneiro Filhos de Deus Recordações da Ilha Maldita



| Inicial | O Que é o IHGP? | Histórico | Símbolos do IHGP | Diretoria | Sócios | Biblioteca | Arquivo |
| Museu | História da Paraíba | Publicações | Links | E-mail | Livro de Visitas | Notícias |


Editor do site